Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Os poemas são criação minha, salvo os assinalados com o autor, alguns já estão publicados. Não autorizo cópia, ou partilha sem autorização (Decreto-Lei n.º 63/85 dos Direitos de Autor e anexos posteriores)

03
Jun17

Na sombra dos teus passos

por Sílex

 

 

kate.jpg

 

 

 

Arrasto os meus olhos pelos passeios

na esperança de encontrar, 

um passo que por ali deixaste, 

ou nas minhas costas,

já longe...

Um que venhas a deixar.

Para num outro dia em que lá passe...

se passos teus, lá houver

neles me possa concentrar.

 

 

Mas nunca passos teus acho

E nos desolados olhos meus...

Nascem gotas transparentes, com leve sabor salgado

onde se reflectem os céus.

Se a passos de ti, me encontrasse,

com a tua figura na frente...Talvez me fosse o bastante,

para calada, tão só mirar-te

e agradecer a Deus

 

 

Este meu amor é tão cego,

repleto de desapego, 

mas tão cheio de paixão...

Que eu beijaria os teus passos

quando tão esperançosa os procuro

como a minha luz,

no escuro...

Decalcados ou impressos, mesmo, na areia do chão.

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:




Mais sobre mim

foto do autor


Só restos... é o que sou! Um monte de restos, em trânsito pela vida!


Detesto quem me aponta a mediocridade, sem perceber que ser mais do que isto, nunca me importou.
Deixem-se só com a minha insignificância. Contornem-me e não olhem para trás.



"Todo o homem saudável consegue ficar dois dias sem comer - sem a poesia, jamais."
Charles Baudelaire

web
analytics