Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Os poemas são criação minha, salvo os assinalados com o autor. Alguns estão publicados. Não autorizo cópia, ou partilha sem autorização (Decreto-Lei n.º 63/85 dos Direitos de Autor e anexos posteriores)

17
Dez17

Só, Feliz e Una

por Sílex

 

 

 

Foto de Maria De Fátima Soares.

 

 

Permite-te, ser desejada.
Não vás, 
onde és mais uma.
Um pouco de nada... com coisa nenhuma.

 

Aprende a ler nos olhos
e a fazer correspondência 
entre as palavras ditas e os abraços, 
ou beijos dados.

 

Filtra.
E divide,
os bons e sinceros. 
Dos avulsos "esbanjados".

 

Permite-te estar onde és bem vinda
Fazes falta, 
ao invés de estares a mais, ou de não seres nada...
Numa multidão de outros, ali especada.

 

Permite-te, ser...
Sem filtros. Máscaras, ou rodeios
Estar de alma nua, sem embaraços.
A sós, contigo...

 

No teu abrigo. 
Deixando aos outros,
Ruas e...
Passeios.

 

Sê, tu.
Mesmo só...
E feliz, completa, realizada e una.
Faz-te desejada. E o resto é nada... com coisa nenhuma.

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:




Mais sobre mim

foto do autor


Só restos... é o que sou! Um monte de restos, em trânsito pela vida!


Detesto quem me aponta a mediocridade, sem perceber que ser mais do que isto, nunca me importou.
Deixem-se só com a minha insignificância. Contornem-me e não olhem para trás.



"Todo o homem saudável consegue ficar dois dias sem comer - sem a poesia, jamais."
Charles Baudelaire

web
analytics