Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Os poemas são criação minha, salvo os assinalados com o autor. Alguns estão publicados. Não autorizo cópia, ou partilha sem autorização (Decreto-Lei n.º 63/85 dos Direitos de Autor e anexos posteriores)

21
Jan18

Talvez...

por Sílex

 

 

 

34japfn.jpeg

 

 

 

Talvez...

Eu seja rio

uma manhã nevoenta de frio

canteiro sem uma flor.

Uma promessa de amor,

sempre, adiada.

 

Talvez...

Não fosse amor, 

fosse nada.

E antes cortar-lhe o pavio.

do que acabar magoada.

Sim...

 

Talvez...

Eu seja rio,

de superfície gelada.

Ou uma boa mentirosa

perdidamente,

apaixonada. 

 

 

Talvez...

Talvez, eu seja uma rajada violenta
Uma intensa trovoada
A chama eterna que alimenta
O êxtase que representa... uma poesia rimada

 

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:




Mais sobre mim

foto do autor


Só restos... é o que sou! Um monte de restos, em trânsito pela vida!


Detesto quem me aponta a mediocridade, sem perceber que ser mais do que isto, nunca me importou.
Deixem-se só com a minha insignificância. Contornem-me e não olhem para trás.



"Todo o homem saudável consegue ficar dois dias sem comer - sem a poesia, jamais."
Charles Baudelaire

web
analytics